.posts recentes

. ...

. FELIZ ANO NOVO

. FELIZ NATAL

. Breve Alusão ao Milagre d...

. ...

. Marés de Verão

. São Leonardo de Galafura

. ...

. Fugas e Momentos

. ...

. Fugas e Momentos

. Poesia

. Imaginação

. Imaginação

. Inspira-me

. Фредерик Шопен. Весенний ...

. Canção da esperança

. ...

. INSPIRA-ME

. Na Ilha da Vida

.arquivos

. Dezembro 2015

. Agosto 2014

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Dezembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Janeiro 2011

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.Serenamente

.Partilhas

Estou no Blog.com.pt Poetry Art Blogs - Blog Catalog Blog Directory Uêba - Os Melhores Links Globe of Blogs blogarama.com blogarama - the blog directory blog search directory Blog search directory

Technorati Profile Add to Technorati Favorites Blog Directory
blogs SAPO

.Ver o Tempo em Portugal e no Mundo

Weather Forecast
Avalie Este Blog!
Uma serena visita!
Quinta-feira, 22 de Maio de 2008

Regressos

Rate My Page

 

 

Regressos
 
Pela música
evado-me desta dimensão
deste tempo, do meu tempo
para lá de ti
para lá do mar
para lá do infinito
reencontro os cheiros da minha infância
cheiros de mar e areia
e a rochas molhadas
cheiros dos pinheiros bravos e da resina
e dos medronhos e das camarinhas
e da caruma seca
e do feijão e do milho a secarem na eira
sinais do verão em declínio
cheiros a grafite e a livros e a pastas novas
e a batas brancas lavadas e a lápis de cor
cheiros das primeiras fogueiras
e do fumo que se alongava das chaminés
e antecipava a noite
cheiros da matança do porco
das febras assadas, do cravinho e das morcelas
cheiros da terra molhada
cheiro a castanhas assadas
e a filhós no natal
e à canela dos sonhos
cheiros a terra e a sol e a flores
que pela primavera dentro
gritavam a vida em fragrâncias de amor
 
Aqui e além reencontro ainda uma lágrima
decerto filha clandestina do acto de crescer*
 
 
 
Por breves instantes reencontro ainda
a paz e a serenidade
cúmplices amigas
que há muito esquecera
 
 
que perdi algures, não sei quando
que perdi algures, não sei onde.
 
*Recolha de imagem em www.personalizando.com.br
quanto ao primeiro gif desconheço o site de onde foi retirado.
 
 
 
 
 Isabel Simões
 
 
 Maio de 2008
 
Camarinhas: promessas de Primavera para o próximo Verão
 
 
Memórias embaladas pelo  mar.
 
 
Luís Represas - Sagres
 
 
sinto-me:


.Frase do dia

.mais sobre mim

.Translate this blog in

.pesquisar

 

.Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24

27
28
30
31


.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

.SERENOS REGRESSOS

conter12

.Serenas e únicas passagens